Distinguished Gentleman’s Ride por uma causa ou uma ilusão?

Nos últimos tempos tenho ouvido uma crítica recorrente ao evento DGR, de várias pessoas motociclistas, que todo o evento é um desfile de “posers” que não sabem bem o que andam lá a fazer. Nunca tinha pensado por esta perspectiva, talvez porque é um evento que me toca de uma forma muito pessoal. Para quem não sabe, este movimento de pessoas serve para angariar fundos para a investigação do cancro da próstata e apoio ao suicídio masculino.

screen-shot-2016-10-13-at-03-18-50

 

O meu pai morreu de cancro na próstata. Sei as saudades que tenho dele e das coisas que fazíamos juntos, nunca foi uma relação fácil, mas ele era o meu pai. Sempre o vi como indestrutível, mas nos seus últimos anos vi-o a ser consumido pela doença até desaparecer. Toda a dor e o sofrimento. Por esta razão não me interessa muito quais as razões que as outras pessoas vão “Distinguished Gentleman’s Ride”, desde que contribuam. Desde que venham, apareçam para que existam grandes fotos, filmes que inundem as redes sociais para passar a mensagem, e de modo a que exista mais gente a ajudar. Isso é que é importante.

screen-shot-2016-10-13-at-16-59-34

Este ano o DGR do Porto contou com a presença da Liga Portuguesa Contra o Cancro, com discurso e informação. Pessoas informadas e pró-activas podem fazer a diferença nas suas próprias vidas e nas pessoas importantes nas suas vidas. Por isso dou os meus parabéns à organização do DGR Porto (team organizador Ton-Up Garage, Plano B e Eusébio & Rodrigues), por ir mais além!

screen-shot-2016-10-13-at-20-17-02

Distinguished Gentleman’s Ride é um movimento que está na moda, é um desfile de motos clássicas, transformadas e algumas stock, de pessoas muito bem vestidas que invadem as ruas de mais de 90 países e 500 cidades no mundo todo. E era a “cara” do meu pai, ele tinha brio em vestir-se bem, foi ele que me passou a paixão pelas motos, carros, pelas viagens entre muitas outras coisas, por essa razão gostei de ver na DGR Porto a quantidade de pais com os seus filhos e mulheres. Tal como na doença toda a família é afectada, deste modo acho que é importante o apoio de todos. Se não foi este ano, vá para o ano e ajude a ajudar com estilo! Eu continuo a acreditar neste evento, por isso eu vou.

13 comentários a “Distinguished Gentleman’s Ride por uma causa ou uma ilusão?

  1. Tal como eu..o meu pai faleceu a ano e meio desta doença e estive presente no desfile do Algarve( faro-loule) em homenagem a sua pessoa e acreditando sempre que Fazemos a diferença com fé e estilo um grande evento.

    Liked by 1 person

  2. Tenho muito respeito pela causa, pelo evento e pelas pessoas que nele participam! Não preciso de me relembrar que o meu avô faleceu de cancro quando eu ainda era pequenino, ensinando ainda mesmo assim a minha avó a conduzir, numa idade tardia, para que o pudesse levar pelas curvas das beiras ao Luso, para algum repouso, numa altura em que não havia lá muito alívio para esta doença. Nem preciso relembrar quão importante é a continuação da pesquisa para esta grande maleita mundial, que ainda afecta a minha mãe de momento, assim como cerca de 10 colegas meus de trabalho, que lutaram e tiveram a sorte de voltar ao mundo dos que têm esperança de vida como uma pessoa sem doenças graves… Por isso, divulguemos a razão e o porquê da tal “distinção” na forma e no gosto de andar de moto, não acham? Cumprimentos motociclísticos a todos e boa saúde na medida do possível!

    Liked by 1 person

    • Bom dia, Miguel.

      Desde já, gostaria de desejar as melhoras da sua mãe. Espero que corra tudo pelo melhor.

      Sim, concordo consigo, completamente!

      Obrigada pela sua partilha.

      Cumprimentos e boas curvas em boa saúde! 🙂

      M

      Gostar

  3. Eu participei no porto, fiz o donativo mas acho o processo para fazer o donativo un pouco dificultado… sei de pessoas que tentaram fazer tb o donativo e desistiram por ser um pouco complicado.
    Secalhar para o ano poderiam criar uma segunda opçao de pagamento ou até mesmo no proprio dia do evento ter um local onde se pode.se fazer o donativo em dinheiro a algurm e essa pessoa fazer o donativo para a associaçao.

    Liked by 1 person

  4. Ah, é verdade! Faltou dizer que não pude ir ao primeiro evento do ano passado aqui em Faro (estou em Silves) mas fui este ano, na minha “Suzie” já com 34 aninhos (está uma jovem!) e que tinha trazido de Macau, Gostei muito, e se virem bem até ficou bem documentado, abrangendo desta vez Loulé! E claro, obrigado pelo comentário, M, e pela simpatia e apoio.

    Liked by 1 person

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: