Cemitério de Vespas

Reza a lenda que os elefantes vão morrer a locais longínquos e inacessíveis… No passado dia quatro de Junho de dois mil e dezasseis, encontrei um desses locais mágicos! Um Stand na antiga estrada nacional para Viana do Castelo (E.N. 13 Antas – Esposende). É sem dúvida, um local de passagem obrigatória para os amantes das duas rodas e não só. Ao embarcar nesta viagem, podem conhecer alguns dos modelos que marcaram a história da marca Italiana de motocicletas “Vespa” fabricada inicialmente em Pontedera (Itália) em 1946. Encontramos expostos e para venda… Ler Mais

On any sunday

Num domingo de agosto de 2005, a caminho do Museu de Serralves, para ver a exposição de Thomas Schütte, “Obras Políticas”, quando no meio do trânsito, avisto uma Honda Monkey 50, carregada, e no topo da carga equilibra-se um rafeirinho de “capacete” vermelho com uma lanterna. Apoiava-se, ora na carga, acondicionada na parte de trás da moto, ora nas costas do seu dono, enquanto este conduzia. Quando o semáforo ficou vermelho tive oportunidade de parar ao lado. Era incrível o seu ar de felicidade. Parecia esboçar um sorriso, quase humano, enquanto o… Ler Mais

2 Rodas

Sempre adorei duas rodas a verdade é essa. Desde muito cedo comecei a andar de bicicleta e passado relativamente pouco tempo sem as típicas “rodinhas” auxiliares, depois vieram as trotinetes, a minha era vermelha e por incrível que pareça ainda está lá em casa! Lembro-me de quando era miúda, tinha eu os meus 7/8 anos ir para a escola de bicicleta, sempre que espreitava o sol, levava a mochila ás costas e lá ia eu… Nunca fui criança de estar fechada em casa em frente à televisão a ver desenhos animados, muito… Ler Mais

Andar de Moto

Amo andar de moto, desde miúda! A primeira vez que experimentei a sensação de liberdade, percebi que jamais conseguiria viver sem largar este “vício” bom. Aos catorze anos, tive a minha primeira motorizada, uma Peugeot St, era o meu brinquedo e o meu meio de transporte para a escola, praia, basicamente, todo o lado. Aos dezasseis anos apaixonei-me pela moto dos sonhos de quase todos os jovens, na década de 90, uma Yamaha DT50. Namorei aquela moto durante meses! Passava todos os dias no Stand perto de casa e admirava cada detalhe… Ler Mais

Diziam que era para rapazes

Acordei muitas vezes de sonhos em que voava. Como se fosse um pássaro. Era sem duvida, uma sensação de plenitude surpreendente, gratificante e positiva. É ao que parece um dos sonhos mais comuns e mais repetidos e estão associados à ideia de liberdade, inspiração e desejo de superação. Muito cedo, apenas com 3 anos de idade, o meu pai começou a levar-me nas suas voltas de moto. Ia de moto com ele para todo o lado. Chegávamos a andar 3 pessoas na sua Famel Zundapp xf17. Adorava quando me levava à descoberta… Ler Mais

Marina Oliveira

Marina Oliveira, modelo na agência Best Models, bartender, trabalha na área de administração de empresas e é mecânica de coração, pois se filha de peixe sabe nadar ela não poderia ter deixado de herdar uma veia de mecânico do seu pai e sempre que pode, tem o prazer de arregaçar as mangas e sujar as mãos. É uma aficionada por natureza e animais e tem imenso respeito pelos mesmos. Fascinada pela lua e pelo mar, estes são dois elementos que mais gosta de contemplar nos seus tempos livres. Apaixonada por American Muscle… Ler Mais

Patrícia Basílio

Professora de Artes Visuais, designer Industrial e empresária, anda sobre duas rodas desde os catorze anos. Idade em que o seu coraçãozinho bateu mais forte com o barulho do motor da sua primeira moto. Aos dezasseis anos apaixonou-se pela Dt 50 azul e branca que estava na montra do Stand perto da sua casa. Todos os dias apreciava aquela “baby”, até que um belo dia o sonho tornou-se realidade. Desde então, andar de moto é uma forma de libertação, sente-se um pássaro em voo. Adora partir sem destino e apreciar a arte… Ler Mais

Maria Duarte

Designer, fotógrafa e relação publicas. Tenho uma enorme paixão por motos e desportos radicais. Amo a forma como me fazem sentir! De tal maneira que o meu veiculo do dia a dia é uma BMW F800 e, para mim, escrevo para uma das mais conceituada revista de motos portuguesa, a REV Motorcycle Culture, onde tenho a oportunidade única de experimentar novas motos, conhecer novos construtores e viver a minha paixão como forma de vida. A culpa foi do meu pai, que um dia chegou a casa com uma Harley Davidson e eu,… Ler Mais

Ana Efe

Investigadora, Artista Plástica, Galerista, Professora do Ensino Superior, Tratadora de Animais, Vegana, Ativista em defesa dos Direitos dos Animais e Mãe do Baltazar de 4 anos, o maior desafio de toda a sua vida. O fascínio pelas duas rodas surgiu quando aos 3 anos começou a andar de moto com o seu pai. A sua primeira paixão foi uma Vespa PK50 XLS, preta com carburador DELL’ORTO 19 e com a maioridade veio uma YAMAHA XT 350 de Kickstarter. Desde então andar de moto conserva uma incrível simplicidade e pureza num mundo tão… Ler Mais